A PREVI

Compromissos

Os compromissos estabelecidos pela PREVI se traduzem em ações efetivas que referendam nossa imagem/marca tanto no Brasil como no exterior associada à cidadania organizacional.

Adesão e patrocínio do CDP ( Carbon Disclosure Project ) - 2005

Desde 2005, a PREVI participa, como signatária, das edições global e nacional do Relatório Carbon Disclosure Project – CDP, com o objetivo de atuar como impulsionadora de políticas de sustentabilidade ambiental e social.

O projeto é a maior iniciativa global que abrange as áreas de responsabilidade social, sustentabilidade, mercado financeiro e mudanças climáticas.

O Relatório Global apresenta informações sobre a emissão de gases de efeito estufa que interferem diretamente na formação do clima da Terra, fornecidas voluntariamente pelas maiores empresas mundiais. O projeto é administrado pela Rockefeller Philanthropy Advisers com recursos provenientes do Carbon Trust, organização financiada pelo Governo da Grã-Bretanha e conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Signatário do PRI e participação no Conselho do Programa - 2006

A PREVI foi a única instituição da América Latina a integrar um grupo representativo dos maiores investidores institucionais do mundo para desenvolver os Princípios para o Investimento Responsável - PRI. O encontro ocorreu no início de 2005, quando o Secretário Geral das Nações Unidas convidou Representantes de 20 instituições de investimentos de 12 países para elaborar a primeira versão desses princípios. Atualmente, a PREVI faz parte do conselho do programa.

O PRI consiste em seis princípios básicos, cuja finalidade é viabilizar a incorporação das questões sociais, ambientais e de governança corporativa às práticas de análise, decisão e gestão de investimentos.

Princípios para o Investimento Responsável

1. Incluir as questões de ESG nas análises de investimento e nos processos de tomada de decisão.

2. Sermos proprietários ativos e incorporar os temas de ESG nas políticas e práticas de detenção de ativos.

3. Buscar a transparência adequada nas empresas em que investimos quanto às questões de ESG.

4. Promover a aceitação e a implementação dos princípios no conjunto de investidores institucionais.

5. Trabalhar juntos para reforçar nossa eficiência na implementação dos Princípios.

6. Divulgar nossas atividades e progressos em relação à implementação dos Princípios.

Adesão ao Pacto Global - 2006

A PREVI aderiu ao Pacto Global em 2006. Trata-se de uma iniciativa desenvolvida pela Organização das Nações Unidas – ONU, com o objetivo de mobilizar a comunidade internacional para adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção que se refletem em 10 princípios. Participam dessa iniciativa vários agentes da ONU, sindicatos, ONGs e empresas de diversos segmentos.

O Pacto Global baseia-se em dez princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção:

Princípios de Direitos Humanos

1. Respeitar e proteger os direitos humanos. 

2. Impedir violações de direitos humanos.

Princípios de Direitos do Trabalho

3. Apoiar a liberdade de associação no trabalho.

4. Abolir o trabalho forçado.

5. Abolir o trabalho infantil.

6. Eliminar a discriminação no ambiente de trabalho.

Princípios de Proteção Ambiental

7. Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.

8. Promover a responsabilidade ambiental.

9. Encorajar tecnologias que não agridem o meio ambiente.

Princípio contra a Corrupção

10. Combater a corrupção em todas as suas formas inclusive extorsão e propina.

Veja todas as informações sobre o Pacto Global em www.pactoglobal.org.br