Notícias e Publicações

Notícias

07/08/2018

Birmann 21: relançamento no mercado imobiliário de São Paulo

Um dos maiores ativos da carteira imobiliária da Previ oferece o que existe de melhor em serviços e facilidade ao mercado.

birmann21_interna.jpg


No último dia 2 de agosto, a Previ realizou, na antiga sede da Editora Abril, o coquetel de relançamento do empreendimento Edifício Birmann 21, que é ícone do skyline de São Paulo. Localizada na Marginal Pinheiros, a construção é o 10º edifício mais alto da cidade e o 20º do Brasil, com 26 andares e, atualmente, cerca de 10 mil m² disponíveis para locação.

Ivan Schara, gerente executivo de Administração de Participações Imobiliárias da Previ, fez a abertura do evento e destacou os Valores e a Missão da Entidade, que é pagar benefícios aos seus associados, e a importância da carteira imobiliária para o seu cumprimento. Os investimentos imobiliários são responsáveis por 6% da carteira de investimentos, um total de R$ 10,47 bilhões distribuídos em 35 empreendimentos entre torres comerciais, shoppings e complexos logísticos.

birmann21_interna3.jpg

“Poder trazer as melhorias e atualizações do Birmann 21 ao mercado imobiliário de São Paulo é um orgulho para nós. Em 2015, findou-se o ciclo de 18 anos de ocupação monousuária pela Abril, com a entrada de novas empresas locatárias. Agora, com a saída integral da Abril, o Birmann 21 volta ao mercado revitalizado e reforçando sua vocação como empreendimento multiusuário. Estamos muito felizes em trazer essa novidade para vocês”, declarou Ivan.

Melhorias e revitalização

A Previ detém 96,7% do Birmann 21, que faz parte da carteira de investimentos imobiliários da Entidade. Além das salas de escritórios, a estrutura do prédio conta ainda com edifício-garagem com mais de 1.100 vagas e lava rápido a seco, praça de alimentação, sapataria, lavanderia, áreas verdes para descompressão e uma modernizada recepção.

Dentre as obras realizadas no condomínio estão a revitalização do hall de entrada e do mezanino; a implantação de nova administração predial; melhorias no sistema de ar condicionado e modernização da central de incêndio; instalação e abertura ao público externo do restaurante e salão de beleza; autonomia dos geradores para até 48 horas e fornecimento alternativo de água com poço artesiano próprio.

birmann21_interna2.jpg