Notícias e Publicações

Notícias

02/07/2019

Neoenergia ingressa no Novo Mercado da B3

Companhia, que é o segundo maior ativo do Plano 1, agora integra o segmento mais elevado de práticas de governança corporativa

Foi realizada no dia 1/7 a cerimônia de comemoração do início das negociações das ações de emissão da Neoenergia na B3 (antiga BM&FBovespa). O evento, que aconteceu em São Paulo, celebra um marco na história da companhia, que passa a ingressar o Novo Mercado, o mais elevado nível de governança corporativa das empresas listadas na Bolsa.

A Neoenergia, uma das líderes do setor de energia no Brasil, é o segundo maior ativo do Plano 1 e representa 3,5% do patrimônio do plano. A Previ reduziu sua participação na companhia de 38,2% para 32,9% e ainda se mantém como uma acionista relevante.

A mudança traz mais liquidez para o Plano 1, o que está em consonância com os objetivos estratégicos da Previ, como explica o presidente da Entidade, José Maurício Pereira Coelho: “O início das operações da Neoenergia na B3 é um passo importante para o futuro da Previ. Em um plano com o nível de maturidade do Plano 1, em que cerca de 90% dos associados já se aposentou, é preciso ter mais liquidez e menos risco. Com as ações da Neoenergia listadas em Bolsa, é mais fácil para a Previ aproveitar as boas oportunidades que surgirem, sempre respeitando nossa visão de longo prazo, bem como as estratégias traçadas em nossas Políticas de Investimentos”, disse o executivo.

A Neoenergia ingressa na B3 já no segmento do Novo Mercado, que reúne as ações das empresas listadas em Bolsa com os melhores níveis de governança corporativa, como explica Marcus Moreira, diretor de Investimentos da Previ. “Só estão no Novo Mercado as companhias que adotam políticas de governança muito acima do que a legislação exige, empresas listadas em Bolsa que oferecem mais transparência para os investidores. São características que nós, da Previ, incentivamos no Código de Melhores Práticas de Governança Corporativa e no Guia de Melhores Práticas de ASGI em Investimentos. Estar no Novo Mercado melhora ainda mais a perspectiva de um ativo como a Neoenergia”.

Mario Ruiz-Tagle, presidente da Neoenergia, contou em seu discurso na cerimônia da B3 como o ingresso da companhia no Novo Mercado é reflexo de um trabalho realizado dentro da empresa. “Essa operação traz à luz toda a governança corporativa que tínhamos construído por anos na Neoenergia. O IPO mostra a confiança que o mercado de capitais tem na gestão que a Neoenergia está fazendo hoje. Continuaremos trabalhando com toda a dedicação para transformá-la em uma companhia ainda maior, mais eficiente e que seja sustentável e focada na qualidade de serviço para os nossos 14 milhões de clientes”.

O executivo também mencionou em seu discurso os sócios da Neoenergia, entre eles a Previ. “Quero agradecer à Previ, que tem dado seu apoio a nossa história de crescimento e seguirá sendo uma parceira relevante e presente no nosso dia a dia”.