Notícias e Publicações

Notícias

29/06/2020

Recuperação em curso

Resultados de abril e maio juntos representam recuperação de R$ 7,31 bi no Plano 1. Previ Futuro rende 2,19% no mês

O cenário que vivemos desde meados de março, de uma crise sem precedentes em decorrência da pandemia do novo coronavírus, que causa instabilidade nos mercados tanto no Brasil quanto no mundo, impactou os planos de benefícios da Previ. Mas os números já começam a trazer os sinais de recuperação.

Embora ainda haja desafios pela frente, a Previ possui uma carteira de investimentos sólidos e diversificados, compostos por empresas da economia real, de setores produtivos que investem recursos consideráveis em seus negócios, e que já começa a demonstrar seu potencial de retorno. Os sinais de melhora já foram sentidos nos resultados mais recentes.

“Os meses de abril e maio foram bastante positivos, e junho deve fechar muito bem. Em maio, nosso resultado foi de R$ 4,73 bilhões. Se considerarmos abril, já são R$ 7,31 bilhões de recuperação. Vamos nos recuperar gradualmente, em linha com o comportamento do mercado financeiro, e superaremos essa crise também”, explica José Maurício, presidente da Previ.

A recuperação em números

Apenas no mês de maio, o Plano 1 teve um resultado positivo expressivo, de R$ 4,73 bilhões. Os investimentos do plano renderam no mês 2,98%, mais do que a meta atuarial acumulada no ano, de 2,01%. Já no Previ Futuro, a rentabilidade no mês foi de 2,19%, também superior ao indicador do plano, acumulado em 1,96% em 2020.

“Nós podemos ter tranquilidade para aguardar esta crise se estabilizar. Nossa carteira de renda variável, a que teve o maior impacto da crise, rendeu em maio 7,21% no Plano 1 e 8,90% no Previ Futuro. Nossos ativos são sólidos e, como temos liquidez de curto prazo suficiente para cumprir nossa missão de pagar benefícios, não precisamos vender ativos em condições desfavoráveis”, explica José Maurício.

Confira em detalhes o resultado de cada um dos planos nos links abaixo:

botao_P1.png

botao_PF.png


Vai passar

José Maurício finaliza ainda com uma mensagem importante para todos os associados: “Essa crise, como tantas outras que já enfrentamos, irá passar. A Previ está preparada para enfrentar com segurança todas as suas etapas, porque temos como pilares uma governança fortalecida ao longo de toda a nossa história, um planejamento estratégico com visão de longo prazo e uma gestão de risco efetiva. A crise não só vai passar como também sairemos ainda mais preparados e fortalecidos para o futuro que nos espera”.