• Notícias e Publicações
  • Sala de Imprensa
  • Fale Conosco
  • Ouvidoria
  • Recadastramento
  • Previ in English

Sala de Imprensa

Releases

07/07/2010

PREVI e signatários do PRI incentivam transparência em workshop

Primeira signatária latino-americana e representante no board do PRI, PREVI participa do GRI workshop no dia 13 de julho, em São Paulo

A PREVI, única representante sul-americana no board do PRI e primeira entidade fechada de previdência complementar a publicar um relatório de sustentabilidade no modelo GRI, participa do GRI Workshop (iniciativa vinculada ao projeto internacional Emerging Markets Disclosure Project), a ser realizado no dia 13 de julho, em São Paulo, juntamente com outros 17 signatários brasileiros do Principles for Responsible Investments (PRI). O objetivo principal é debater os desafios na utilização das diretrizes do Global Report Investments, o GRI.

As empresas que integram o Índice Brasil (IBrX), composto pelas 100 ações mais negociadas na Bovespa, estão sendo incentivadas a adotar as diretrizes do GRI, conjunto de normas e indicadores que propõe um padrão mundial para a elaboração de relatórios anuais de sustentabilidade e governança corporativa. A recomendação parte de investidores signatários dos Princípios para o Investimento Responsável, que também têm o objetivo de motivar as companhias que já reportam seus resultados pela metodologia do GRI a manter suas divulgações nesse formato.

Além do grupo de instituições signatárias do PRI formado por Astra, Ático, Banco Fator Corretora, BMF/Bovespa Centrus, Comgest, FIR Capital, FIM, Funcef, HSBC, Infraprev, Itaú-Unibanco, Petros, Previ, Santander, Solaris, Tripod e Valia, e das empresas que compõe o IBrX, participam do encontro a coordenadora das atividades do GRI no Brasil, Gláucia Térreo, e a Fundação Brasileira de Desenvolvimento Sustentável (FBDS).

Na agenda do evento, o gerente executivo de governança corporativa da PREVI, Aloísio Macário, participa do painel “A importância do relatório de sustentabilidade para os investidores”, ao lado de executivos do Santander Asset Managment, BM&FBovespa e Infraprev.

Sobre o GRI

A GRI é uma organização não governamental, com sede em Amsterdã, criada em 1997 por uma coalizão de gestores de fundos de investimento socialmente responsável para orientar a tomada de decisão de investidores e analistas do mercado de capitais. Alinhado com o Pacto Global (ONU) e o índice de sustentabilidade (ISE), o modelo já é adotado por cerca de duas mil corporações no mundo e 200 no Brasil. Trata-se de uma ferramenta de grande importância na gestão das empresas e para tomada de decisões de investimento. Através da divulgação de informações em um padrão internacionalmente reconhecido, é possível avaliar as companhias ao longo do tempo e entre seus pares em relação ao seu desempenho social, ambiental e econômico.

Sobre o PRI

Os Princípios para o Investimento Responsável representam o compromisso voluntário dos grandes investidores institucionais do mundo com a crença de que as questões socioambientais e de governança corporativa afetam o resultado financeiro de seus investimentos no longo prazo. O programa consiste em seis princípios básicos, que se desdobram em diretrizes, cuja finalidade é viabilizar a incorporação das questões socioambientais e de governança às práticas de análise, decisão e gestão de investimentos.

Incentivado, desde 2003, pela Organização das Nações Unidas (ONU), o programa foi oficialmente lançado na Bolsa de Valores de Nova Iorque, em abril de 2006, com a participação de 20 dos maiores investidores institucionais mundiais – dentre eles, a PREVI – e a presença do então secretário-geral da ONU, Kofi Annan. Um mês depois, o PRI foi lançado no Brasil, na sede da PREVI, no Rio de Janeiro, e, em abril de 2007, uma cerimônia de adesão dos signatários na Bolsa de Valores de São Paulo oficializou a versão brasileira do programa. Hoje, o PRI tem 758 signatários em todo o mundo, com cerca de US$ 20 trilhões em ativos sob sua gestão.

 

Workshop GRI  

Data: 13 de julho
Horário: das 14h30 às 18h30
Local: Auditório do Santander 
Endereço: Av. Juscelino Kubitschek, 2.235, 3º andar – São Paulo