Sala de Imprensa

Releases

19/03/2019

Transparência: Previ apresenta resultados de 2018 para os associados

 

Apesar da hora agendada ser 15h30, às 15h45 duas centenas de pessoas ainda se acomodavam nas cadeiras do longo auditório da AABB Lagoa, localizada na zona sul do Rio de Janeiro. Enquanto todos se sentavam, a cerimonialista chamava, um a um, os seis diretores da Previ. Eles estavam ali para divulgar o resultado 2018 da maior entidade fechada de previdência complementar do país.

Não é a primeira vez que eles fazem isso. À frente de uma entidade com quase 200 mil participantes e dois planos de previdência complementar, a Diretoria Executiva da Previ visita anualmente diversas capitais do país para apresentar seus números. Em 2019 serão 15 cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Vitória, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Recife, Fortaleza, Belém e Campo Grande. Uma rotina que já existe há pelo menos dez anos, até mesmo quando os números são ruins.

Em 2016, quando a Entidade estava com um déficit de R$ 16,1 bilhões e o setor de fundos de pensão enfrentava acusações de má administração, as apresentações também aconteceram. Algumas das frases repetidas à exaustão nas exposições explicavam que aqueles números eram fruto de uma conjuntura econômica difícil, que os investimentos da Previ eram sólidos e resilientes. “Esse quadro será revertido”, explicavam. E ele realmente foi. Naquele mesmo ano os resultados anuais começaram a ser positivos. O déficit foi completamente sanado em 2018, com um superávit de R$ 6,5 bilhões, sem que os participantes da Previ precisassem fazer contribuições extraordinárias.

Foi assim, na prática, que a gestão da Previ aprendeu que transparência gera confiança. As apresentações de resultado são uma oportunidade para os associados acompanharem de perto a gestão do plano de benefícios, conhecer os resultados do exercício anterior e os desafios do ano que se inicia, além da possibilidade de esclarecimento de dúvidas diretamente com os membros da Diretoria Executiva. Uma oportunidade bem aproveitada pelo público: após a apresentação os participantes encaminham perguntas para os diretores. As respostas são dadas na hora, para todos os presentes. O tempo destinado para os questionamentos acaba sendo maior do que a apresentação propriamente dita. São quase duas horas de sabatina, em que todas as dúvidas são sanadas.

Mas não para por aí. Além das apresentações, a Previ também divulga o seu resultado anual em seu site, no App Previ e em um Relatório Anual, um documento que apresenta de forma consolidada informações sobre o desempenho financeiro e socioambiental da Previ.

Essa transparência – uma palavra de ordem na Previ, que leva a prestação de contas como um compromisso com seus associados – também está presente na Entidade durante todo ano. Apesar da obrigação legal ser apenas a divulgação anual dos resultados, os participantes da Previ recebem mensalmente uma newsletter com uma atualização mensal dos números, o Boletim de Desempenho.

Além disso, a Entidade possui uma estrutura construída para atender os seus participantes, com uma central telefônica, site e uma ouvidoria. Só em 2018 foram 198.938 ligações respondidas, com um índice de satisfação de 95% - a pesquisa é realizada pela própria central, com o associado avaliando o atendimento imediatamente após ele ter sido finalizado. Também são realizados atendimentos presenciais em eventos externos, como a Apresentação de Resultados. A cereja do bolo é um serviço especial, a assessoria previdenciária, que orienta de forma individual o planejamento da aposentadoria. O atendimento personalizado é realizado por telefone, em dia e hora marcados, e simula cenários de aposentadoria com base nas informações do participante.

Uma pesquisa de satisfação realizada por uma consultoria externa mostrou que esse trabalho está dando frutos. O índice de satisfação geral dos participantes com a Previ é de 96%. A imagem positiva da Previ está associada a atributos como solidez, robustez, segurança e credibilidade. Adjetivos bastante apropriados para uma Entidade de quase 115 anos, que vê o futuro dos associados como a sua história.