Plano 1

Matérias

10/09/2015

Objetivos concretos ajudam na hora de economizar

Especialistas orientam envolver família e amigos para alcançar as metas.

O controle das finanças é uma atividade que requer muita organização e planejamento. Em outras palavras: educação financeira. Para conseguir a saúde financeira, são muitas as dicas apontadas por especialistas. Entre elas, está o estabelecimento de metas. Objetivos concretos podem ajudar a ter foco e alcançar os resultados.

O professor Mac Cartaxo, coordenador do curso de gestão financeira do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), explica que as metas devem fazer parte da rotina de todos que querem ter sucesso na administração do próprio dinheiro. Ele destaca, porém, que é necessário estabelecer um objetivo claro e palpável, com prazo definido. “Ser rico um dia, por exemplo, não é uma meta”, alerta ele.

“Juntar dinheiro por juntar não é algo que traz sensação de prazer para nosso cérebro. As pessoas gostam de imaginar o que vão obter com o esforço de postergar o consumo hoje em prol de algo no futuro. Essa meta pode ser uma viagem de férias, um carro novo, uma nova casa, ou mesmo uma situação confortável na aposentadoria”, afirma.

Todos juntos

Para que a estratégia tenha sucesso, segundo Cartaxo, é preciso envolver toda a família e os amigos. Eles devem ser informados sobre quais as metas que estão no horizonte – próximo ou distante – para que saibam como podem colaborar. Mais que isso, também podem ficar motivados a buscar outros objetivos.

“Nosso sucesso no controle das finanças depende da participação das pessoas que estão à nossa volta. Combine férias com essas pessoas, apresente o carro novo que vai ser comprado com aquela poupança e mostre como a economia gerada pela diminuição no consumo de água e de luz e na diminuição nos gastos no shopping vai contribuir para que essa meta seja atingida”, ensina.

E, quando as metas forem cumpridas, a família toda deve celebrar. Quando a economia rende os frutos esperados, as pessoas que trabalharam para o sucesso das metas tendem a ter maior motivação para conquistar outras.

“Vale a pena definir fases, etapas ou metas intermediárias de um objetivo maior. À medida que percebemos o alcance desses marcos em direção à meta final, nos motivamos e intensificamos o controle, garantindo ainda mais o êxito futuro”, complementa Cartaxo.

Organizar para conquistar

O palestrante Darco Sousa, especialista em educação financeira, explica que a organização é fundamental para a gestão das finanças e, consequentemente, para o cumprimento dos objetivos. Por isso, ferramentas como planilhas e aplicativos podem ser úteis. “Mas até mesmo uma folha de papel funciona para quem é organizado”, afirma.

Para que tenham sucesso na busca por cumprir suas metas, as pessoas devem ter muito controle da própria situação financeira. Isso significa estar atento a todas as entradas e saídas de dinheiro no dia a dia.

“As pessoas que não têm uma boa organização financeira podem até saber quanto recebem a cada mês, mas não percebem o quanto gastam. Por isso, quando se dão conta já gastaram mais que podiam”, conclui.