Sala do Participante

Carlos Trigueiro

12/02/2020

Carlos Trigueiro

Fale resumidamente sobre você: onde nasceu, onde vive, sua carreira no Banco do Brasil, se é aposentado ou ainda trabalha e outros fatos que deseja destacar.

Nasci em Manaus, Amazonas. Me formei em Administração Pública, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, além de fazer pós-graduação e disciplinas bancárias na Universidade de Roma, na Itália. Ingressei no Banco do Brasil em 1964 e me aposentei em 1996. Entre 1980 e 1996, vivi em Madrid, na Espanha; Roma, Itália; Macau, China e Chicago, nos Estados Unidos. Publiquei memórias, artigos e ficção no país e no exterior.

Como surgiu a literatura em sua vida?

Escrever é minha maneira de interpretar a visão que tenho do mundo, desde menino. Meus pais eram descendentes de nordestinos que migraram para o Amazonas em fins do século XIX. Ambos contavam muitas histórias, como lendas do imaginário amazônico e sagas do sertão cearense. Essa experiência me estimulou a escrever. Aos dez anos, ganhei, como prêmio escolar, o livro As aventuras de Tom Sawyer, de Mark Twain, primeira obra que li.

Em que você se inspira? Você se espelha em outros autores?

Sou muito observador. Talvez a principal ferramenta do escritor para ampliar a visão sobre o mundo ao redor. Há ainda o desejo de encontrar no mundo das palavras um poder mágico e catártico capaz de espantar os fantasmas e demônios interiores que assaltam os escritores. Gosto muito de Fernando Pessoa.

Ao escrever, quais assuntos e temas mais despertam seu interesse? Por quê?

Eu tento fazer literatura de ficção afinada com o que percebo da condição humana (universal em inclinações, esperanças, fraquezas, distúrbios, limitações) fustigada pela consciência da temporalidade - da impermanência.

Que obras já lançou e sobre que temas se referem? Está trabalhando em alguma nova obra? Tem alguma previsão de lançamento?

Já lancei as seguintes obras: Arrastão de Textos; Histórias tipo assim whats-au-au-app; Mierdamorfose; O Clube dos Feios; Meu Brechó De Textos; Libido aos Pedaços; Confissões de um anjo da guarda; Memórias da Liberdade; O Livro dos Desmandamentos; Memórias da Liberdade; O livro dos ciúmes e Clube dos Feios.

Como ter acesso às suas obras?

Meus livros podem ser adquiridos no meu site