Sala do Participante

Rubia Oliveira Scheffer

07/08/2019

Rubia Oliveira Scheffer

Fale resumidamente sobre você: onde nasceu, onde vive, sua carreira no Banco do Brasil, se é aposentado ou ainda trabalha e outros fatos que deseja destacar.

Cheguei ao mundo na cidade de Porto Alegre há mais de cinquenta anos. Há vinte, o universo me presenteou com a oportunidade de viver em Florianópolis. Tomei posse no BB em 1987 e trabalhei até 2013, quando me aposentei após 30 anos de contribuição para nossa previdência. Neste período, atuei em três agências, na Auditoria, na Gerel (antigo Cesec), na Gepes e na Superintendência Estadual. Sou graduada em Ciências Contábeis e fiz MBA em Gestão de Operações e Serviços. Apesar de ter trabalhado em instituição financeira por quase toda minha vida profissional, não me envolvi só com números. Com o passar do tempo, migrei para a gestão de pessoas, tendo sido inclusive educadora corporativa.

Como surgiu a literatura em sua vida?

Sempre gostei de ler e, desde pequena, meus pais já me levavam à feira do livro onde adquiria alguma publicação adequada à minha idade. Na adolescência, sempre pegava emprestados muitos livros de bibliotecas. Na vida adulta só foi mudando o tema, mas o interesse pela leitura sempre estava presente. Além de ficção (não necessariamente científica), biografias e livros de poesia, gosto muito de ler relatos de viagem.

Em que você se inspira? Você se espelha em outros autores?

Para este livro, me inspirei na viagem que eu e meu marido fizemos de carro de Florianópolis (SC) ao Atacama no Chile. Tanto as belezas naturais, que tivemos a oportunidade de visitar, quanto as delícias do percurso e pinceladas de nossos 25 anos de união foram adubo para a concepção desta obra. Não me espelho em autores específicos, mas gosto muito da Elisa Lucinda e da Viviane Mosé.

Ao escrever, quais assuntos e temas mais despertam seu interesse? Por quê?

Experiências de vida e os encontros que a existência nos proporciona. Considero a escrita uma forma de eternizar momentos e emoções.

Que obras já lançou e sobre que temas se referem?

Faço registros de viagens desde 2011, mas as publicações sempre foram muito tímidas, só entre amigos e familiares. Além disso, já tive algumas poesias publicadas em antologias que tratavam da vida.

Está trabalhando em alguma nova obra? Tem alguma previsão de lançamento?

Quem gosta de escrever está sempre sonhando em publicar algo. Tenho vários diários de viagens guardados e um projeto de publicar minhas poesias, mas ainda é muito incipiente.

Qual a importância do trabalho criativo em sua vida? O que você busca com suas obras?

Penso que a frase a seguir, cujo autor desconheço, responde à pergunta: “Antes de uma criança começar a falar, ela canta. Antes de escrever, ela desenha. No momento que consegue ficar de pé, ela dança. Arte é fundamental para a expressão humana”.

Recomenda a outros colegas que se dediquem a esse tipo de atividade? Por quê?

Sim, sugiro que se dediquem a qualquer tipo de atividade criativa.

Como ter acesso a suas obras?

O livro Atacama - Expedição a um Novo Planeta pode ser adquirido pelo Facebook na página de mesmo nome, pelo e-mail atacama.olivro@gmail.com ou pelo Instagram: @atacama.olivro.