Sala do Participante

Josimar de Gusmão Lopes

12/03/2020

Josimar de Gusmão Lopes

Fale resumidamente sobre você: onde nasceu, onde vive, sua carreira no Banco do Brasil, se é aposentado ou ainda trabalha e outros fatos que deseja destacar.

Sou goiano de nascimento, mas brasiliense de coração. Descobri na marcenaria um hobby, após me aposentar do Banco do Brasil, onde trabalhei por 34 anos.

Por que as artes plásticas? Como você começou?

Incentivado pelo meu amigo Kadu Lazarini, meu mestre na marcenaria, produzimos em conjunto uma bancada de marceneiro. A partir deste momento, em 2017, comecei a me dedicar mais e mais ao ofício. Resolvi construir minha própria oficina em casa e comecei a criar peças exclusivas, aproveitando e recolhendo a madeira desprezada, sem comprometer os recursos naturais existentes.

Quais as inspirações para seu estilo e trabalhos? Você se inspira em outros artistas?

Estimulado pelos vídeos produzidos por profissionais reconhecidos e que estão no YouTube, fui à Irlanda ano passado, onde visitei o ateliê e a escola do woodturner Glenn Lucas e ampliei meu gosto pelo torno mecânico (ferramenta utilizada para moldar peças de madeira).

Qual a importância do trabalho artístico em sua vida? O que você busca com sua arte?

Fiz a JotaGê - Arte em Madeira, que traduz o que minha observação, técnica e sensibilidade podem transformar a diversidade da matéria-prima, criando um estilo próprio ao produzir peças únicas em madeira.

Quais as técnicas você mais gosta? E quais utiliza em seus trabalhos?

Gosto de produzir objetos de decoração, além de utensílios de casa (fruteiras, castiçais, tigelas, cachepôs, vasos, entre outros). Com a marcenaria, pude perceber o meu desenvolvimento na técnica, desde a concepção do objeto até o processo final da produção.

Como faz para se aprimorar? Já fez ou faz cursos? É autodidata?

Fiz cursos em São José dos Campos (SP), na Marcenaria Fina; em Petrópolis (RJ), com Thomaz Brasil; e em Pomerode (SC), na Escola de Tornearia, onde encontrei inspiração para fazer objetos mais elaborados e criativos. Em 2019, participei com um grupo de brasileiros do Encontro Europeu de Torneiros, em Ebbs, na Áustria.

Já realizou exposições? Cite alguns lugares. Pretende fazer novas?

Realizei um bazar exclusivo em minha residência, em novembro de 2018, onde eu e meu mestre Kadu pudemos expor e vender nossos objetos em madeira. Em junho e novembro do ano passado, expusemos as peças na Leroy Merlin em Brasília, no programa "Faça Você Mesmo”, com bricolagem em madeira. Desde fevereiro de 2020, estou com várias peças em madeira decorando a vitrine da loja "Sapato da Corte", também em Brasília, e devo participar, ainda em março, da 2ª ExpoDeckNorte, onde comercializarei meus produtos no Shopping Deck Norte, Lago Norte.

Como ter acesso a suas obras, seja para apreciar ou adquirir algum trabalho seu?

Por meio do perfil no Instagram @jotage_arte_em_madeira ou entrar em contato pelo telefone (61) 99119-9138.