Sala do Participante

Artes

31/07/2013

Douglas Pescadinha Júnior

A fotografia é a companheira do recém-aposentado Douglas Pescadinha Júnior

 

 

Brasília é um prato cheio para o aposentado Douglas Pescadinha Júnior. Ele, que trabalhou durante 30 anos na área tecnológica do Banco do Brasil (BB), aproveita a luz do sol que a capital tem para fotografar o que vê de bonito, sempre com um foco especial para os detalhes.

Aposentado há dois anos, ele aproveita todas as situações para tirar fotos. Seja quando sai com a mulher para fazer compras no shopping, ou para saídas programadas especialmente para fotografar.

No BB, Douglas sempre atuou na área tecnológica do Banco. Trabalhou vinte anos na cidade do Rio de Janeiro, antes de toda a parte de tecnologia ser concentrada em Brasília. Na capital federal atuou por mais dez anos antes de aposentar-se.

Fotografia em todos os lugares

O gosto pela fotografia começou desde cedo. Quando adolescente, ele já tinha uma câmera de bolso e começou a fotografar por conta de um amigo da faculdade. Mas foi com seu primeiro décimo terceiro do Banco, que Douglas pode realizar o sonho de comprar uma máquina profissional.

Nunca frequentou cursos de fotografia. Começou com as câmeras fotográficas de filme e sempre buscou se informar melhor sobre a arte. Autodidata, recorreu aos livros de fotógrafos famosos para trazer inspiração e dicas, melhorando seu trabalho. Durante alguns anos, ficou afastado do hobby , mas, graças às câmeras digitais, foi possível retomar o antigo hábito.

Para ele, tudo pode ser fotografado. Para não perder oportunidades, ele sempre anda munido de uma câmera no bolso e do celular. Para momentos mais especiais, ele leva junto sua máquina profissional, com as diversas lentes.



Qual a importância desse hobby para você?
A fotografia é mais que um hobby , é uma forma de expressão, uma forma de falar com outros, mostrar o que eu vejo do mundo e, muitas vezes, mostrar aonde eu vejo beleza no cotidiano.

Quais fotógrafos você admira?
Dois fotógrafos que admiro muito são Robert Doisneau, um francês que fotografou os anos 1950 e 1960, e o brasileiro Araquém Alcântara, famoso pelas fotos da natureza.

Para conhecer mais do trabalho de Douglas Pescadinha Júnior, visite o Flickr ( www.flickr.com/photos/dpescada ), Instagram ( www.instagram.com/dpescada1 ) ou pelo e-mail dpescada@gmail.com .


Galeria de fotos