Sala do Participante

Artes

03/02/2010

Valério Filho

Valério Filho encontra no cotidiano as cenas que registra com sua câmera

 

Natural de Taubaté (SP), o aposentado Valério Filho, que vive em Ubatuba (SP), é um fotógrafo amador que encontrou nessa arte uma forma de guardar os momentos do dia-a-dia. De acordo com ele, essa experiência é resultado de uma dedicação despretensiosa em busca de bons registros. Valério, aposentado desde novembro de 2004, quando encerrou sua atividade na agência Caraguatatuba, em São Paulo, depois de 28 anos de Banco do Brasil, nunca frequentou aulas para aprender técnicas. Apesar de a experiência ser amadora, o aposentado já conquistou prêmios na área. Nesta entrevista, Valerio fala sobre sua paixão e dedicação à fotografia.

O que considera essencial para desenvolver sua arte?
Como fotógrafo amador, vejo que existem fatores primordiais como a dedicação, o interesse, o gostar do que se está fazendo e as oportunidades. Passei um ano no Japão com a minha esposa, Maria Ioco Matsuoka Valerio. Fomos para trabalhar e conhecer o país. Nesse período, busquei fotografar os momentos do cotidiano e os lugares por onde passei. Tenho mais de 1,2 mil fotos e 180 vídeos desse período.

Mesmo se dizendo amador o senhor já recebeu prêmios de fotografia.
Considero-me amador por nunca ter feito cursos, mas sempre pratiquei a arte e estudei sobre o assunto. Em 1982, conquistei meu primeiro prêmio em fotografia, cujo tema era "O que eu amo em Taubaté". Fotografei o prédio central da Companhia Taubaté Industrial (CTI), uma construção secular. Essa indústria é uma referência do segmento têxtil da região do Vale do Paraíba. Em 2003, obtive prêmio na categoria amador com o tema "Veja Caraguá". Participei com uma série de fotos focando o pescador do litoral norte de São Paulo na sua prática cotidiana da pesca artesanal.

Onde busca inspiração?
Como sou apaixonado pela fotografia, defino que fotografar é registrar momentos a qualquer instante sob cada ângulo. Não tenho tema preferido, tenho o instante, pois fotografo tudo aquilo que me agrada. Minha inspiração é o dia-a-dia. Gosto de fotografar os momentos do cotidiano. Um exemplo foram as imagens que captei nas terras nipônicas e os lugares por onde passei. O Japão é um país milenar que conjuga o tradicional e o moderno de forma a valorizar a harmonia entre as gerações.

Contatos com Valério Filho através do e-mail anvafi@ig.com.br.

Galeria de fotos