Sala do Participante

Voluntariado

05/11/2009

Bem de Raiz

Os 40 anos de história da Aracruz, produtora brasileira de celulose branqueada de eucalipto, são marcados não apenas pelo sucesso do negócio da empresa, como também por seu investimento em projetos socioambientais. Com o objetivo de ampliar ainda mais sua atuação neste segmento, em 2008 a companhia deu um passo ainda maior para associar a sua marca a ações em prol das comunidades e do meio ambiente. Nesse ano foi lançado o Instituto Bem de Raiz , cujo objetivo é unificar as ações nas comunidades onde a Aracruz atua " cidades no Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. A Previ possui 3,07% das ações totais da empresa.

Paulo Coutinho, gerente de Sustentabilidade da companhia, fala sobre a proposta do Instituto. "Nossa meta é formar uma carteira de projetos sustentáveis, definidos com a participação direta das comunidades, que contemplem prioritariamente a geração de trabalho e renda, a educação e a capacitação da mão-de-obra", explica.

Com o Instituto, foram criados novos projetos socioambientais e as ações já desenvolvidas pela Aracruz ganharam ainda mais consistência. Uma das iniciativas do Bem de Raiz é o programa Produtor Florestal, que destina recursos financeiros para o plantio de florestas comerciais de eucalipto no Rio Grande do Sul. A proposta dessa iniciativa é proteger os ecossistemas nativos e aumentar a oferta de matéria-prima. Já o Voluntariado Aracruz, criado em 2003 para incentivar e apoiar o envolvimento dos empregados em atividades voluntárias, passou a ser desenvolvido através do Instituto. (Leia  aqui  a matéria sobre esse programa publicada no site da Previ).

Investimento

Segundo dados do site do Bem Raiz, a Aracruz empregou US$ 120 milhões em projetos de urbanização, educação, saúde, cultura e lazer desde a sua fundação. Tais recursos foram destinados especialmente para a construção de hospitais, estradas vicinais, redes de água e saneamento básico e núcleos de capacitação profissional nas comunidades onde a empresa está presente.

De acordo com Carlos Aguiar, diretor-presidente da Aracruz, o investimento nessas atividades está atrelado às perspectivas para o futuro da companhia. "Queremos ser uma empresa líder também em sustentabilidade. A meta da Aracruz é alinhar todos os seus empregados nessa direção. Acreditamos que a empresa terá um futuro brilhante", diz.

Galeria de fotos