Sala do Participante

Voluntariado

24/09/2009

Jailson Soares

Crianças carentes da cidade de Lajes, Santa Catarina, podem contar com o zelo do aposentado do Banco do Brasil. O brasiliense Jailson Soares de Melo é um exemplo de profissional que consegue empregar dedicação tanto no ofício diário quanto em atividades voluntárias na comunidade. Atualmente advogado da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB), ele foi um dos fundadores do Comitê de Cidadania da entidade, em novembro de 2004. Melo chegou, inclusive, a presidir o grupo entre abril de 2006 e março de 2008. Apesar de ter saído do cargo, o advogado continua a dar sua contribuição à iniciativa, que assiste entidades que atendem pessoas carentes da região Centro-Oeste.

De acordo com Jailson, o objetivo do Comitê é ajudar crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social. O Lar da Casa de Moisés, localizado em Águas Lindas de Goiás, a 60 km de Brasília (DF), é a entidade beneficiada pelo trabalho do grupo atualmente. O advogado conta que 80 meninos e meninas residem no abrigo por causa de violência doméstica e ou porque os pais cumprem pena em regime fechado. "Fornecemos cem pães diariamente e, esporadicamente, doamos material de limpeza, calçados, leite e fraldas descartáveis para o Lar", informa.


Seleção das Instituições

Para auxiliar o Comitê na seleção das instituições a serem beneficiadas, foi criada uma Comissão de Projetos, que também é composta por funcionários da ANABB. "Eles auxiliam os representantes da entidade na aprovação dos pedidos de ajuda enviados por asilos, creches, igrejas e etc", explica Jailson.

Doações

O advogado da ANABB conta que a entidade mantém as atividades com o apoio financeiro da instituição e de seus funcionários que se sensibilizam com a causa do grupo e autorizam o desconto da contribuição em folha de pagamento. "A principal captação de recursos do Comitê é proveniente dessa contribuição dos empregados. Nossa outra fonte de renda é a venda de materiais recicláveis", afirma.

De acordo com Jailson, os funcionários da ANABB que ajudam a entidade a manter sua atuação podem acompanhar de perto o resultado de sua colaboração. "Fazemos um convite para eles visitarem os projetos apoiados pelo Comitê", diz.

 

Galeria de fotos