Sala do Participante

Voluntariado

03/09/2009

Projeto Xerimbabo

Todos os anos desde 1984, a siderúrgica Usiminas desenvolve atividades educativas em prol do meio ambiente em Ipatinga (na região do Vale do Aço mineiro). Trata-se do projeto Xerimbabo " expressão que em tupi-guarani significa "animal de estimação". O objetivo da empresa é educar funcionários de empresas e comunidade escolar locais sobre a importância da preservação ambiental. A Previ possui 10,4% das ações ordinárias da Usiminas, que representam 5,8% do capital total. De acordo com Pedro Luís Pereira Ribeiro, superintendente de meio ambiente da Usiminas, o trabalho consiste em desenvolver ações e eventos voltados para a promoção da reflexão e do aprendizado sobre a preservação da natureza. Segundo ele, cerca de 150 mil pessoas de 110 cidades mineiras participam anualmente do projeto. As atividades são realizadas na instituição da empresa que atua em proteção à fauna da região, o Centro de Biodiversidade (CEBUS), da Associação Esportiva e Recreativa Usipa, e no Parque Zoobotânico da Usiminas, voltado para preservação da flora nativa.

Responsabilidade Sociambiental e Sustentabilidade

"Nossa proposta é sensibilizar as pessoas para implementar recursos e propostas em prol da sustentabilidade. Há 25 anos o projeto Xerimbabo aborda temas que trazem como pano de fundo, bichos, plantas e problemas ambientais. Apresentamos os exemplos da natureza para oferecer um verdadeiro aprendizado de vida. Nossas iniciativas se baseiam em três princípios: ética, sustentabilidade e preservação das espécies", esclarece.

O Projeto trabalhando em conjunto com escolas e sociedade

O projeto desenvolve atividades para cerca de 600 escolas das regiões Leste, Zona da Mata e Nordeste de Minas Gerais. O Xerimbabo inclusive está no calendário das instituições de ensino da região. "Essa inclusão entre as atividades escolares anuais constitui-se num mecanismo para a adoção de posturas coerentes que incluam não apenas as empresas e governantes, mas também o indivíduo em suas ações cotidianas. O objetivo é que eles observem e reflitam sobre os cuidados com a sua casa, a rua, a escola, a cidade, o estado, o País e com o planeta. Consideramos que o melhor caminho para esse exercício se chama educação", avalia Pedro.

A cada ano a entidade escolhe um tema referente à natureza região e o apresenta ao público por meio de mala-direta. No mês de abril acontecem os seminários para capacitar educadores e funcionários de empresas da região sobre o assunto. A partir do Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6) até agosto, são realizadas as ações educativas. "Promovemos concursos para os alunos, professores e instituições de ensino. Distribuímos material pedagógico a todos participantes e oferecemos monitoramentos às escolas para aplicar a temática escolhida", afirma Ribeiro, acrescentando que o público também participa de visitas orientadas aos espaços de preservação ambiental da empresa.

Segundo o balanço do superintendente de meio ambiente, a iniciativa está atendendo às expectativas da empresa. "A Usiminas já apresentou o conceito da educação ambiental a quase dois milhões de pessoas. Influenciamos gerações inteiras para um exercício coerente do desenvolvimento sustentável. As crianças que participaram do momento inicial, por exemplo, hoje são adultos atuantes na sociedade e cidadãos formadores de opinião", finaliza.

Saiba mais sobre os trabalhos do Projeto no site www.usipa.com.br/hotsites/xerimbabo2009

Galeria de fotos