Sala do Participante

Voluntariado

14/04/2009

Regina Célia

Lembra daquela história de que atitudes simples fazem toda diferença para quem precisa de ajuda? Pois um grupo de aposentados do Banco do Brasil em São Paulo pode comprovar essa idéia. Por meio do programa Voluntário Visitador eles oferecem carinho e solidariedade a beneficiários da Cassi internados em hospital na capital. A iniciativa da Associação dos Funcionários Aposentados do Banco do Brasil de São Paulo (AFABB-SP) é coordenada por Regina Célia Martins.

A diretora da AFABB, que por 27 anos trabalhou no Banco do Brasil até se aposentar em 1997, explica a atuação. De acordo com ela, desde 2007 cerca de 10 participantes fazem visitas regulares ao público da Cassi internado no Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo. "Escolhemos essa instituição, pois muitas pessoas que vêm de fora da cidade ficam lá. Esses pacientes precisam de ajuda quando vêm sozinhos ou com acompanhantes, que necessitam de apoio para se orientarem em São Paulo", expõe. A aposentada afirma que a idéia é ampliar a ação. "Brevemente visitaremos beneficiados internados no Hospital Santa Isabel", avisa.

Regina Célia conta que o grupo tem o apoio direto da Cassi. "Recebemos uma lista com os nomes daqueles que querem receber nossas visitas e agendamos os horários", conta, acrescentando que semanalmente são realizadas em média quatro idas ao hospital e, em alguns casos, à própria residência dos pacientes ligados ao Banco do Brasil. "Ao fim da visita, os voluntários fazem um relatório. Eles contam que as pessoas agradecem muito pelo apoio. Os pacientes ficam muito seguros com a presença dos visitadores", informa.

Para aderir ao programa, os aposentados passam por um treinamento. "Preparamos os voluntários para lidarem com as dificuldades dos pacientes. Os visitadores devem, por exemplo, ouvir os pacientes e jamais conversar sobre temas polêmicos, como política e futebol", explana Regina Célia.

De acordo com a coordenadora, a proposta atual é ampliar a abrangência do Voluntários Visitadores. "Queremos mostrar para todo o Brasil que fazemos esse trabalho. Assim as pessoas que ficarem internadas em São Paulo podem nos procurar", analisa. Para atender esse objetivo, Regina Célia conta que a AFABB divulga a atividade em seus eventos e informativos e ainda recorre aos periódicos das entidades do Banco do Brasil.

Martins relata que a iniciativa foi iniciada em 2002, sendo interrompida logo em seguida. Mas em 2007, quando assumiu cargo na diretoria, a aposentada viu a oportunidade de dar continuidade ao programa, ao qual já havia aderido como voluntária no período inicial. "Retomar o Voluntários Visitadores foi um dos meus planos. Muitos associados pediam para oferecermos novamente a atividade", reforça.

A diretora da Associação explica que o objetivo da entidade é desenvolver ações em prol dos idosos. E o Voluntários Visitadores contempla esse aspecto. "O trabalho é importante para quem está recebendo a visita, mas é muito mais significativo para o voluntário. Muitas pessoas que saem do Banco do Brasil não têm uma atividade para se envolver. Considero que uma ação como a nossa é uma boa ocupação para quem se aposenta e quer fazer trabalho voluntário", avalia.

Para mais informações sobre o Voluntários Visitadores, os contatos são: (11) 3115-5199 e atendimento@afabbsp.com.br .