Sala do Participante

Voluntariado

13/12/2012

Solange Amaral Gomes

Solange carrega o espírito do voluntariado. Já atuou como professora de matemática para adultos na Igreja Católica da Santa Cruz, em Copacabana, no Rio de Janeiro e hoje é voluntária do BB Educar, programa de alfabetização de jovens e adultos que, desde 1991, incentiva a cidadania em várias comunidades do país.

A carioca Solange Amaral Gomes é especialista em mercado financeiro e previdência complementar. Entrou no Banco do Brasil (BB) em fevereiro de 1988, na agência Bananal, interior de São Paulo. Hoje, trabalha como escriturária na Gerência Regional de Gestão de Pessoas (Gepes), no Rio de Janeiro (RJ). Solange carrega o espírito do voluntariado. Em 1992, atuou como professora de matemática para adultos na Igreja Católica da Santa Cruz, em Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ). A partir daí, nunca mais parou.

Participação no BB Educar

Em 2010, ela conta que houve um processo seletivo para novos alfabetizadores realizado pelos comitês de cidadania dos funcionários do BB, Elos e Ponto Chic. Os selecionados, como Solange, participaram do Curso de Formação de Alfabetizadores (CFA), em janeiro de 2012, na Gepes Rio. O BB Educar é um programa de alfabetização de jovens e adultos que, desde 1991, incentiva a cidadania em várias comunidades do país.

Solange relata que o programa já alfabetizou mais de 360 mil jovens e adultos desde sua criação, e que a coordenação do BB Educar está sob a responsabilidade da Fundação Banco do Brasil (FBB), desde 2000.

"Já foram capacitados mais de 15 mil alfabetizadores, o trabalho foi possível devido o apoio da FBB, da Unidade de Desenvolvimento Sustentável (UDS) do Banco do Brasil, da Gepes Rio. O Projeto Piloto BB Educar no Rio de Janeiro retomou, em 2012, a prática inicial de treinar funcionários da ativa para atuarem como voluntários", comenta orgulhosa.

Hoje, no Rio de Janeiro, sete núcleos de alfabetização estão em andamento, seis na cidade do Rio e um no interior do Estado, com 84 alfabetizandos cadastrados. "As aulas são dadas por 11 funcionários voluntários vindos de agências e departamentos engajados no trabalho de inserção social e cidadania que a alfabetização proporciona para os excluídos da educação formal", explica.

"Aproveito para parabenizar nossa coordenadora no Rio de Janeiro, Graça Santos Gomes, e meus colegas alfabetizadores André Luiz (PSO RJ Sul), Érika Silva (Agência Andaraí), Fernando Rocha (Ditec RJ), Gilmar Freitas (Agência Conselheiro Paulino), Gleide Rocha (CSL RJ), Robson dos Santos (Agência BNDES), Solange Amaral (Gepes Rio), Tatiana Coutinho (Agência Pechincha), Thais da Cunha (Agência Estilo Leblon), Valéria Pinheiro (Gepes Rio) e Vladmir Chaves (Gepes Rio) pelo trabalho realizado", diz Solange.

Como é sua atuação no BB Educar?
Atuo junto com mais dois colegas de trabalho, o Vladmir Chaves e a Valéria Pinheiro, no Núcleo do Flamengo, na Igreja Santíssima Trindade. Nossos alunos são formados por empregadas domésticas e porteiros de prédios, e a maioria mora próximo ao núcleo. Os demais moram no centro da cidade e no subúrbio do Rio de Janeiro, regiões mais afastadas dos núcleos, o que dá, em média, uma hora de viagem. No dia 1º de dezembro de 2012, no auditório da Gepes Rio, no Centro Cultura Banco do Brasil (CCBB-RJ), ocorreu cerimônia de formatura dos 60 alunos que foram alfabetizados no Rio de Janeiro. Participar desse projeto foi uma experiência muito boa que marcou positivamente minha vida.

O que te motiva a participar do BB Educar?
Poder ajudar o próximo. Contribuir para a melhora de sua realidade é a minha motivação. Para mim, o processo de aprendizagem propõe mostrar que a realidade do aluno, as suas experiências familiares e sociais são levadas em consideração no processo de aprender. Tenho aprendido muito com meus alunos a ser mais paciente, mais sábia, a refletir mais, a valorizar todas as minhas conquistas, enfim estou aprendendo a ser uma pessoa melhor.

Quem quiser trocar experiência e saber mais sobre o BB Educar pode falar com a coordenadora do projeto no Rio, Graça Gomes, pelo email mgsg7@yahoo.com.br, ou entrar em contato com o Comitê Elos " comiteelos@comiteelos.org.br " e saber mais informações sobre esse e outros assuntos de voluntariado.

 

Galeria de fotos