Sala do Participante

Voluntariado

21/11/2005

Wellington Araújo

O Comitê da Cidadania dos Funcionários do Banco do Brasil de Pernambuco (CCFBB-PE) foi criado em abril de 2005 com o objetivo de combater a fome e gerar emprego e renda para a população pobre do Estado. "Somos uma instituição sem fins lucrativos que visa a melhoria da qualidade de vida da população carente de Pernambuco. Todos têm direito à saúde, educação, cultura, lazer e alimentação. Isso não depende só do governo, mas de todos os cidadãos. Trabalhamos para propagar o conceito da cidadania", conta Wellington Araújo, 52 anos, vice-presidente do Comitê e funcionário da Gerência de Logística de Recife.

O CCFBB-PE ajuda mensalmente a Creche Paulo de Tarso, que assiste 15 meninos que já viveram nas ruas de Recife, e a Comissão de Saúde Independente de Roda de Fogo, grande favela da capital. "Pagamos o aluguel, a água e a luz da creche e ajudamos nos custos do programa de alfabetização para adultos nessa comunidade", conta Alves, que há 26 anos trabalha no Banco do Brasil.

O Clube das Mães Lar Esperança, que beneficia 92 filhos de catadores de lixo do município de Jaboatão dos Guararapes, é outra instituição contemplada. De acordo com o vice-presidente, uma mulher que mora no vilarejo onde vivem as famílias que sobrevivem da coleta do lixo criou um espaço para as crianças de até 4 anos ficarem durante o dia. "Agora elas não vão para o lixão com os pais. Ajudamos o lar arrecadando móveis e roupas e melhorando a infra-estrutura", conta.

Cerca de 200 funcionários da capital e de agências do interior do Estado ajudam com doações equivalentes a pelo menos um vale-refeição. "Estamos fazendo campanha para sensibilizar e conseguir a adesão de colegas que ainda não contribuem", acrescenta. Para aumentar a arrecadação de verba, o CCFBB-PE vende para uma empresa de reciclagem todo o papel utilizado e doado por agências de Recife e do interior.

Empenho é o que não falta ao comitê. "Estamos trabalhando na construção de cisternas no município de Caruaru, onde chove apenas em junho e julho. Estamos construindo 10 cisternas que beneficiarão 15 famílias que vivem da criação de galinhas, apicultura e do cultivo de lavouras de subsistência. Custeamos todo o material e a comunidade cede a mão-de-obra. Nossa previsão é concluir todas as 10 cisternas até setembro de 2006", conta o vice-presidente.

Para saber mais sobre o trabalho do comitê, os contatos são (81) 3425-7212 ou 3464 1506 e o e-mail ccfbb_pe@yahoo.com.br.