PREVI

Soluções para Você

Conheça o produto

O Empréstimo Simples PREVI é composto por linhas de crédito pessoal para participantes da PREVI. Conheça as vantagens disponíveis para você.

O empréstimo está disponível para participantes e assistidos que estejam em dia com as contribuições e obrigações para com a PREVI e que já tenham o seu Termo de Adesão cadastrado.

Conheça as condições para:

Veja também:

Participantes do Plano 1

É admitida a existência de até 2 (duas) operações de Empréstimo Simples Rotativo por participante ou por assistido, respeitando o Teto de Concessão de R$ 160 mil. A concessão está condicionada ao cumprimento das exigências previstas nas condições de contratação.

Com a possibilidade de contratação e manutenção de até dois ES Rotativos, foram criadas as nomenclaturas “ES A” e “ES B”, que possuem as mesmas características, visando facilitar a administração dos empréstimos contratados pelos participantes/assistidos.

Para os participantes que possuem financiamento imobiliário concedido pela PREVI é admitida concomitantemente além das linhas de crédito acima, a contratação do ES Finimob.

O requerente deverá ter:

  • capacidade de pagamento definida pela margem consignável;
  • garantia suficiente, constituída pela reserva líquida individual, com a qual poderá ser liquidado o saldo devedor do Empréstimo Simples em caso de desligamento do Plano de Benefícios;
  • limite máximo individual de endividamento;
  • autorização para débito em folha de pagamento;
  • autorização para débito e crédito em conta corrente do Banco do Brasil. O mutuário deverá ser o 1º titular da conta;
  • comprovação de capacidade civil.

O mutuário que estiver classificado simultaneamente em mais de uma situação na PREVI poderá solicitar o Empréstimo Simples apenas em uma dessas condições, obedecida a seguinte ordem de prioridade: ativo - aposentado - pensionista.

Participantes do PREVI Futuro

É admitida a existência de até 2 (duas) operações de Empréstimo Simples Rotativo por participante ou por assistido, respeitando o Teto de Concessão de R$ 55 mil.

Com a possibilidade de contratação e manutenção de até dois ES Rotativos, foram criadas as nomenclaturas “ES A” e “ES B”, que possuem as mesmas características, visando facilitar a administração dos empréstimos contratados pelos participantes.

A concessão está condicionada ao cumprimento das exigências previstas no normativo.

O requerente deverá ter:

  • capacidade de pagamento definida pela margem consignável;
  • garantia suficiente, constituída pela reserva líquida individual, com a qual poderá ser liquidado o saldo devedor do Empréstimo Simples em caso de desligamento do Plano de Benefícios;
  • limite máximo individual de endividamento;
  • autorização para débito em folha de pagamento;
  • autorização para débito e crédito em conta corrente do Banco do Brasil. O mutuário deverá ser o 1º titular da conta;
  • comprovação de capacidade civil.

Margem Consignável


Demonstra a capacidade de pagamento dos participantes e pensionistas e é calculada, mensalmente, com base nas verbas de proventos/ benefícios e de consignações que transitam na folha de pagamento. A PREVI utiliza a menor entre a de 30% e 70%.São deduzidas, inclusive, as parcelas de PAS, adiantamentos do Banco do Brasil e quaisquer prestações de verbas consideradas no cálculo que estejam suspensas ou pendentes.

 

Participantes autopatrocinados ou em licença-interesse


Será considerado o menor valor da margem consignável de 30%, calculada sobre o salário-de-participação e sobre a renda comprovada e deduzido o valor da contribuição para a PREVI.

Reserva Líquida Individual


Montante atualizado de contribuições pessoais vertidas à PREVI, abatido o Imposto de Renda, que o participante teria direito a resgatar em caso de desligamento do Plano de Benefícios.

O mutuário que estiver classificado simultaneamente em mais de uma situação na PREVI poderá solicitar o Empréstimo Simples apenas em uma dessas condições, obedecida a seguinte ordem de prioridade: ativo - aposentado - pensionista.

Representante legal (ambos os planos)

A solicitação de empréstimo deverá ser feita pelo próprio participante ou por seu representante legal, observado:

Instrumento Particular


Devem constar os seguintes dados na procuração:


Designação do Estado, da cidade ou da circunscrição em que foi passado; Data; Qualificação do outorgante e do outorgado; Objeto da outorga; Natureza, designação e extensão dos poderes conferidos; Reconhecimento de firma por autenticidade em cartório, por ser condição essencial à sua validade em relação a terceiros.

Procuração


Emitida há no máximo 6 (seis) meses.


Não será aceita Certidão de Procuração (procuração "refrescada").


A cópia da procuração deverá ser autenticada em cartório. NÃO será aceito carimbo “Confere com o original” do Banco do Brasil.


Deverá constar expressamente a autorização para contratar empréstimos pela PREVI – Caixa de Previdência dos Funcionários do Branco do Brasil.

Procuração


Emitida há no máximo 6 (seis) meses.


Não será aceita Certidão de Procuração (procuração "refrescada").


A cópia da procuração deverá ser autenticada em cartório. NÃO será aceito carimbo “Confere com o original” do Banco do Brasil.


Deverá constar expressamente a autorização para contratar empréstimos pela PREVI – Caixa de Previdência dos Funcionários do Branco do Brasil.

Certidão de Inteiro Teor (Tutela ou Curatela)


Certidão de Curatela / Tutela emitida há no máximo 30 (trinta) dias. A cópia da certidão deverá ser autenticada em cartório. NÃO será aceito carimbo "Confere com o original" do Banco do Brasil. Deverá constar expressamente a autorização para contratar empréstimos em nome do curatelado / tutelado.


O termo de adesão enviado deverá ser assinado pelo representante legal.


Observação: Caso o participante tenha readquirido a capacidade civil, deverá enviar documentação comprobatória anexa ao termo, por ele assinado.

Quem mais pode solicitar

Autopatrocinados, funcionários em licença-interesse, tutelados e curatelados

Nesses casos, além de apresentar o Termo de Adesão, os solicitantes devem enviar à PREVI o formulário próprio de solicitação do empréstimo, com firma reconhecida ou abonada e acompanhado de documentação comprobatória.

Outros documentos necessários para:

Contribuintes autopatrocinados e funcionários em licença-interesse

- contracheque ou DECORE (Declaração Comprobatória de Rendimentos), original ou cópia autenticada em cartório. Caso o participante trabalhe no exterior, é necessário apresentar contracheque traduzido em português e legalizado pelo Consulado Brasileiro.

Participantes e assistidos que não gozem de capacidade civil

Certidão de Tutela ou Curatela.

Impedimentos

São impedimentos para contratação/renegociação do Empréstimo Simples:

  • possuir dívidas inadimplidas de empréstimo simples, financiamento imobiliário e/ou previdenciais;
  • restrições cadastrais impeditivas;
  • estar em litígio referente à empréstimo simples e/ou financiamento imobiliário junto à Previ.

Observações

1 - A PREVI poderá não conceder / renovar o Empréstimo Simples baseada em avaliação cadastral junto aos órgãos de restrição de crédito (SERASA, SPC etc.).

2 - O Empréstimo Simples está em conformidade com a legislação que regulamenta os investimentos das entidades fechadas de previdência complementar (Resolução Bacen 3.792 de 24.09.2009).