Pelo sétimo ano consecutivo, a PREVI editou o seu Relatório de Responsabilidade Social e Empresarial. O destaque dessa foram ações desenvolvidas na área socioambiental por 83 das principais empresas do País.

Os números do Relatório mostraram que, em 2003, os investimentos da PREVI nessas empresas viabilizaram a geração de 51.576 empregos diretos, além de pagamento de mais de R$ 3,2 bilhões de impostos. Outros R$ 2,1 bilhões foram distribuídos na forma de salários, encargos previdenciários, previdência privada, benefícios e participação nos resultados. A participação da PREVI também foi responsável por investimentos de cerca de R$ 660 milhões em pesquisa e desenvolvimento, melhoria de produtividade, aumento da capacidade produtiva, educação, treinamento e desenvolvimento, e programas para a comunidade.


Esse projeto tem o propósito de gerar empregos e qualidade de vida para os 6 mil moradores de comunidades vizinhas ao empreendimento Costa do Sauípe. São 26 projetos voltados para gerar educação, emprego e renda para uma população abaixo da linha de pobreza. Um programa apoiado pelo Projeto Berimbau une tecnologia revolucionária a ações simples: trata-se da Usina de Adubo Orgânico, que destina resíduos orgânicos produzidos em Costa do Sauípe para fornecimento de adubo aos agricultores da localidade. Utilizando-se de um biodigestor desenvolvido pela Universidade de Uberaba (MG), 8 toneladas de resíduos orgânicos produzidos diariamente em Sauípe são transformadas em adubo em apenas 4 dias. Normalmente esse processo levaria 90 dias.


A PREVI contribui para o Fome Zero ao ceder a empresas espaço para veiculação de publicidade e descontos no contracheque de aposentados e pensionistas em troca da doação de eletrodomésticos e remédios a entidades assistenciais cadastradas pelo Banco do Brasil.