LogoLogo
  • INICIO
  • FALE CONOSCO
  • HISTÓRICO DA REVISTA
MDN
Gestão

ELEIÇÕES PREVI 2020: O CHAMADO DAS URNAS

Calendário eleitoral foi retomado e votação será realizada de 13 a 27 de julho. O voto é um dos pilares de nosso modelo de governança

leia o artigo completo

Sempre associados

Outro ponto que merece destaque é que todos os conselheiros e dirigentes – tanto eleitos quanto indicados – são necessariamente participantes dos planos da Previ. Desse modo, todos eles, de alguma maneira, trazem em sua formação e em sua visão administrativa a perspectiva dos associados.
 

A participação de todos é fundamental para o sucesso da eleição. É importante que os votos venham de todos os segmentos para que a representação seja a mais equilibrada possível. Assim, o voto refletirá mais fielmente as visões e anseios de aposentados, pensionistas e do pessoal da ativa. Além disso, nunca é demais lembrar que as eleições da Previ necessitam reunir os votos de pelo menos 50% mais um dos eleitores habilitados.
 

Quem vota

Todos os participantes e assistidos maiores de 18 anos e inscritos nos planos de benefícios até 31 de janeiro de 2020 podem votar pelo site, pelo aplicativo da Previ ou ainda pelos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil. Quem for da ativa também poderá votar pelo SisBB. Na eleição deste ano, não haverá votação por telefone.

É importante lembrar que, na Eleição da Previ, os participantes não votam em candidatos individualmente, mas sim nas chapas completas que se apresentam para os cargos em disputa. Por falar nisso, aproveite e clique aqui para conhecer as chapas e os candidatos. Assim, você tem plena condição de fazer uma escolha consciente que pode ajudar, de fato, a construir o futuro da Previ e, portanto, o seu futuro!

Adiadas em abril por causa da pandemia do novo coronavírus, as eleições da Previ serão realizadas em julho. O calendário eleitoral foi retomado e a votação acontece entre os dias 13 e 27 de julho para que, mais uma vez, aposentados, pensionistas e pessoal da ativa decidam os rumos da Previ. Uma oportunidade valiosa de votar para escolher nossos representantes para a Diretoria e Conselhos. Serão eleitos o diretor de Seguridade, dois membros titulares e dois suplentes para o Conselho Deliberativo, um titular e um suplente para o Conselho Fiscal, e um titular e um suplente para os Conselhos Consultivos do Plano 1 e do Previ Futuro.
 

Seu voto é absolutamente necessário para que a Previ mantenha seu sistema de gestão transparente e democrático. Afinal, as eleições são parte da governança participativa da Entidade. Trata-se, na verdade, de uma das marcas que formam a própria identidade da Previ. Quem vota ajuda a escolher os dirigentes que vão cuidar do nosso patrimônio, ou seja, dos recursos que vão assegurar de maneira segura, sustentável e eficiente as nossas aposentadorias.

Renovação e continuidade

É por isso que, a cada dois anos, conforme as regras do Estatuto, são realizadas eleições para escolha de diretores e conselheiros, com mandatos de quatro anos de duração. Este modelo garante que haja renovação nos quadros sem ruptura na continuidade administrativa, uma vez que parte dos dirigentes e conselheiros se mantêm.
 

Simultaneamente à eleição, o patrocinador pode indicar ou substituir representantes na Diretoria e nos Conselhos. Este ano, estamos falando das diretorias de Participações e Investimentos, um titular e respectivo suplente para o Conselho Deliberativo e um titular e respectivo suplente para o Conselho Fiscal, além de dois titulares e respectivos suplentes para o Conselho Consultivo do Plano 1 e de dois titulares e respectivos suplentes para o Conselho Consultivo do Previ Futuro.
 

Dessa forma, o modelo de governança participativa também assegura o equilíbrio representativo entre patrocinador e associados, com paridade na Diretoria Executiva e nos Conselhos. Com isso, os participantes podem defender seus interesses.
 

O Estatuto da Previ vai além da regulação no setor de previdência complementar, que exige representantes dos associados apenas nos Conselhos. A eleição de dirigentes também na Diretoria Executiva da Entidade permite que os representantes dos associados atuem não apenas na definição da política geral de administração da Previ e de seus planos de benefícios, papel do Conselho Deliberativo, mas também na proposição e execução das diretrizes e políticas aprovadas pelo Conselho Deliberativo além dos demais atos necessários à gestão, que compete à Diretoria.

 

Conheça as propostas das chapas e o currículo de todos os candidatos no Boletim Especial Eleições 2020.

  • Saiba o que está em jogo nas Eleições Previ 2020

.

Comentários

(0)

Enviar Comentário

Nome:

E-mail:

Comentários:

Restam 450 caracteres
Os comentários são moderados e liberados posteriormente pela Previ

Temas

Gestão

5 artigos

Seguridade

4 artigos

Relacionamento

2 artigos

Seu Bolso

4 artigos

Bem-estar

2 artigos