PREVI

Investimentos

Governança

A PREVI incentiva as melhoras práticas de Governança Corporativa nas empresas participadas e empreendimentos imobiliários, bem como iniciativas e práticas de sustentabilidade e responsabilidade social do investimento.

Entende-se por melhores práticas de Governança Corporativa o conjunto de princípios que envolvem transparência, responsabilidade, equidade e prestação de contas.

Em decorrência da maturidade da PREVI na gestão de suas participações em empreendimentos imobiliários foi elaborado o Código PREVI de Melhores Práticas de Governança Corporativa em Empreendimentos de Base Imobiliária, por meio do equilíbrio de duas visões: a do empreendimento e a do proprietário. A primeira identifica-se com a maximização de valor de forma sustentável, e a segunda visa assegurar a prestação adequada de contas e a transparência no exercício da gestão do empreendimento.

Em relação às empresas participadas, a PREVI contribui para a gestão, controle e monitoramento da companhia, por meio da indicação, sempre que possível, de membros para compor os seguintes órgãos de Governança:

  • Conselho de Administração: principal órgão de decisão e orientação estratégica  dos negócios da companhia, otimizando o valor da companhia. 
  • Conselho Fiscal: garante o exercício do direito dos acionistas de fiscalizar a gestão dos negócios, por meio da verificação dos atos dos Administradores e emitindo opinão sobre as contas da companhia.

Além desses órgãos, há a participação de membros indicados pela PREVI para compor Comitês e Comissões especializados de assessoramento ao Conselho de Administração em diversos temas, como por exemplo: Risco, Auditoria, Gestão Estratégica e Orçamento.

Uma das formas da PREVI garantir melhor gestão e acompanhamento dos seus investimentos é por meio de um instrumento chamado “Acordo de Acionistas”. Trata-se de um instrumento jurídico que evita potenciais conflitos entre os acionistas e permite que a entidade eleja membros para os Conselhos de Administração e Fiscal.

Alguns Acordos de Acionistas preveem Reuniões Prévias às Assembleias e às reuniões do Conselho de Administração. A Reunião Prévia tem por finalidade discutir e definir a orientação de voto para os representantes da Previ.

Os Acordos de Acionistas e as Reuniões Prévias  são essenciais para a participação da PREVI nas tomadas de decisões e na melhor qualidade na gestão, garantindo a construção de mais valor para a companhia e maior retorno para os acionistas.