Fique por Dentro

Notícias

Previ Futuro

Previ Futuro tem desempenho positivo mesmo na crise

05/03/2021

O Previ Futuro, hoje um dos maiores planos de benefícios do mercado de previdência complementar fechada, obteve resultado positivo no ano. O plano alcançou, em 2020, um patrimônio de R$ 22,15 bilhões e uma rentabilidade consolidada de 6,61%. Confira o desempenho de cada segmento:

Segmento Rentabilidade Alocação (em R$) Alocação (em % da carteira)
Renda Fixa 6,48% R$ 12,06 bilhões 55,48%
Renda Variável 3,97% R$ 6,45 bilhões 29,67%
Operações com participantes 9,62% R$ 2,21 bilhões 10,15%
Investimentos imobiliários 15,84% R$ 741,54 milhões 3,41%
Investimentos estruturados 11,23% R$ 240,01 milhões 1,10%
Investimentos no exterior 36,77% R$ 39,52 milhões 0,18%

Diante de uma conjuntura tão difícil, esse resultado é bastante positivo. No mês de março, auge da crise, a rentabilidade do Previ Futuro chegou a ser negativa em 12,14%. A recuperação até dezembro foi de 18,75%.

Os investimentos do Previ Futuro seguiram em 2020 uma estratégia de maximização de desempenho (performance seeking), com decisões de alocações mais ágeis e que potencializem a acumulação necessária ao perfil do plano. A Política de Investimentos em 2021 segue a mesma linha, com estratégias customizadas e ainda mais aderentes a um plano de que está em fase de acumulação, como o Previ Futuro.

Destaques

O principal destaque de rentabilidade do plano em 2020 foi o segmento de investimentos no exterior, com um desempenho de 36,77% no ano. O valor da carteira no final de 2020 era de R$ 39,52 milhões, equivalente a 0,18% do total de investimentos do Previ Futuro. O segmento teve um aumento em 30% em 2020 e deve seguir crescendo em 2021, já que os limites de alocação alvo para o segmento subiram na atualização da Política de Investimentos do plano, realizada em dezembro. Como o mercado financeiro brasileiro representa apenas cerca de 1,5% do mercado de renda fixa e por volta de 0,7% do mercado de renda variável mundial, aumentar o investimento no exterior é também aumentar a chance de ter boas oportunidades. 

Os investimentos imobiliários também tiveram um desempenho relevante, com rentabilidade de 15,84% no ano. No Previ Futuro o segmento é composto por 87,9% de investimentos diretos em imóveis e por 12,1% de investimentos em fundos de investimento imobiliário, que está em formação.

Perfis de investimento

Os associados do Previ Futuro participam ativamente da gestão do plano ao optar por um perfil de investimento, que deve ser escolhido levando em consideração uma série de fatores, como expectativa de aposentadoria e tolerância ao risco de cada um. A rentabilidade de cada perfil varia de acordo com o percentual alocado nos segmentos que compõem a carteira de investimentos do plano. Confira o desempenho dos perfis em 2020:

Perfil Rentabilidade
Conservador 7,04%
Moderado 7,28%
Arrojado 6,29%
Agressivo 5,65%
Ciclo de Vida 2030 7,12%
Ciclo de Vida 2040 6,96%
Ciclo de Vida 2050 7,70%

Em comparação realizada com outros fundos do mercado, que compartilham de características semelhantes às do Previ Futuro (como patrimônio e composição da carteira), os números mostraram que o desempenho do plano foi muito superior aos seus pares, que tiveram rentabilidade média negativa. No perfil arrojado, por exemplo, a média de desempenho entre 75 fundos foi negativa em 5,91%, enquanto a do Previ Futuro foi positiva em 6,29%. No conservador, em que foram consultados 93 fundos, a rentabilidade média foi de 1,91%, enquanto a do Previ Futuro foi de 7,04%. Confira a comparação entre os perfis e seus pares no gráfico abaixo:

680 PX GRAFICOS PERFIS.png

*Rentabilidade média dos fundos pares, ponderada pelo patrimônio líquido, em 31/12/2020.

** O perfil Ciclo de Vida 2050 não tinham pares suficientes para a comparação.

Gestão com excelência 

O ano de 2020 foi desafiador, com os impactos da crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 refletidos na economia. Ainda assim, a gestão ativa da Previ provou sua eficiência com os resultados. Mas tão importante quanto o desempenho obtido no ano é a confirmação da solidez dos planos de benefícios, que traz mais segurança para todos os associados e permitiu que fossem realizadas estratégias de investimento em plena crise, além da adoção de medidas de apoio aos associados, como a suspensão de parcelas do Empréstimo Simples.  

Em momento algum faltou liquidez para o pagamento dos benefícios, nem foi necessário vender ativos de forma emergencial. Esses resultados comprovam mais uma vez a resiliência da carteira de ativos da Previ, além da excelência na administração desses investimentos, de acordo com a estratégia fixada para cada plano.  

E 2021?

A pandemia de Covid-19 não acabou. O cenário econômico para 2021 ainda é de instabilidade, mas o resultado positivo traz mais tranquilidade e equilíbrio para o futuro. A visão em uma entidade fechada de previdência complementar como a Previ deve ser sempre voltada para o longo prazo.  

É essa perspectiva que proporciona a continuidade dos pilares da estratégia da Entidade, que serão mantidos: uma excelente qualidade de governança e gestão de investimentos, uma carteira de ativos sólida e diversificada e uma gestão de liquidez de primeira linha.

Todas notícias